Sabendo que o financiamento imobiliário é cada vez mais uma realidade (e necessidade) para comprar a sua casa própria, decidi fazer esta listagem dos melhores bancos e instituições para financiamento imobiliário em Portugal.

Escolhi-os de acordo com as melhores condições de mercado atuais (Dez 2022), pela sua solidez, vantagens, e pelos protocolos e benefícios que oferecem aos seus clientes.

Ainda assim e antes de começar, deixo alguns alertas que lhe pode ser muito úteis:

Ter de contactar e negociar com cada um destes bancos individualmente é um processo moroso e cansativo.

Felizmente existem opções no mercado, nomeadamente os intermediários de crédito como a MAXFINANCE, que fazem esse trabalho por si e sem custos.

Ainda por cima, como transacionam elevadas quantidades de crédito imobiliário todos os meses, tem acesso a condições muito competitivas devido à sua vantagem comercial e importância para os bancos.

VEJA TAMBÉM O ARTIGO: Como comprar um imóvel do banco

Um alerta relativo às avaliações de imóveis feitos por peritos avaliadores designados pelos bancos:

Num mercado imobiliário mais retraído, é comum que as avaliações se tornem menos “generosas” pelo que aconselho a levar sempre uma análise de mercado prévia para entregar ao perito que fará a avaliação do imóvel e assim, ajudá-lo a entender melhor o contexto imobiliário da geografia onde a sua casa está localizada.

casal a segurar as chaves da sua nova casa
Casal feliz a segurar as chaves da sua nova casa!

Então, aqui estão os melhores bancos e instituições para fazer um financiamento imobiliário ou uma consolidação de créditos:

1. Banco Santander Totta – é um dos maiores bancos a atuar em Portugal e como seria de esperar tem um pacote atrativo de promoções, especialmente para clientes existentes. Dão muita importância aos rácios de esforço, pelo que por vezes podem revelar-se um pouco mais exigentes que outros bancos.

2. Caixa Geral de Depósitos – a CGD oferece um dos melhores pacotes de financiamento à habitação, com várias soluções à medida: crédito para aquisição de habitação própria, crédito para construção de habitação própria, crédito para obras em habitação própria, crédito habitação para imóveis com objetivo de arrendamento (aumento de rendas em 2023) e até crédito para sinal de compra de casa!

Outra opção, que a CGD disponibiliza e que é cada vez mais popular é o leasing imobiliário, que permite financiar até 100% do valor para compra da sua casa.

3. BPI – oferece condições flexíveis e tarifas competitivas, sendo de destacar uma TAEG desde 4,2% para casas energeticamente mais eficientes, i.e. com certificado energético A+, A e B.

4. UCI – a UCI é uma instituição financeira especialista em crédito habitação, pertence ao Santander e oferece uma vasta gama de opções em termos de financiamento habitacional, geralmente com condições muito competitivas (já vi spreads desde 0,8%) e uma rápida resposta de pré-aprovação em 48 hrs, fator cada vez mais importante. Com oferta diferenciada para quem está a trocar de casa.

5. Novo Banco – o Novo Banco possui produtos de crédito habitação especificos para jovens até aos 35 anos, estrangeiros não residentes e neste banco destaco a solução Silver (+50 anos) uma solução de crédito habitação para maiores de 50 anos com possibilidade de estender o empréstimo até o titular mais velho ter 80 anos e com isso reduzir o valor da prestação, como também isenção de obrigatoriedade de seguro vida a partir dos 65 anos.

6. ABANCA – dispõe de créditos habitação em taxa fixa e em taxa mista (em que durante um período de tempo, a taxa permanece a mesma, passando depois a ser indexada à Euribor).

7. Crédito Agrícola – algo que muitos clientes não sabem sobre o Crédito Agrícola é que os balcões possuem a capacidade de tomar decisões descentralizadas, ao contrário de outros grandes bancos, o que permite uma melhor negociação e a obtenção de condições excecionais de crédito habitação.

Como disse acima, como cada um destes bancos / instituições de crédito bancário tem condições, serviços e particularidades próprias, aconselho a que utilize os serviços de um intermediário de crédito porque além de lhe poupar dinheiro (porque trabalham em paralelo com todos os bancos e instituições de crédito habitação), ainda poupa no tempo e na burocracia.

Espero que esta lista o ajude a tomar a melhor decisão para as suas necessidades de financiamento imobiliário para habitação em Portugal!

Beijinhos, Sandra

PS. O artigo acima representa unicamente uma opinião pessoal e de forma alguma pode ser interpretado como uma garantia de atribuição de crédito bancário, assegurar de condições de TAEG ou spread, ou tomado como uma posição oficial de qualquer entidade nele citada.